Se você já possui algum conhecimento sobre o tema, não há problema algum em usar referências em seu texto. As referências são importantes ferramentas que podem exemplificar de forma clara aquilo que você está querendo transmitir.

Procure não exagerar e transformar sua redação em uma fonte de referências; uma ou no máximo duas referências, já são mais que suficientes em um texto.

Não use referências longas. Se a pessoa que está lendo seu texto quiser saber mais sobre o tema ela poderá pesquisar posteriormente. A referência é a pimenta de uma redação, não faz falta e em excesso pode arruinar o texto todo, mas um pouco nunca faz mal.

Só cite uma referência se você tiver absoluta certeza que ela está correta, referências incorretas ou imprecisas podem prejudicar a avaliação de seu texto.

Nunca escreva:

"Como disse aquele importante filósofo uma vez...".

"Os juros elevados que chegaram a 30 ou 40%...".

Não pense que referências sejam essenciais ou ao menos necessárias em um texto, o examinador jamais irá valorizar uma redação somente por causa delas, e provavelmente não irá se importar se elas estiverem ausentes.

Só é aconselhável o uso de referências quando essas puderem acrescentar algo ao texto e estiverem corretas e precisas.

Exemplos de referências:

1 - Registros indicam isso em menos que um ano, o tempo de produção para um único veículo Ford Modelo T foi reduzido de 12 horas e 28 minutos para 1 hora e 33 minutos.

2 - Pannabecker afirma que "a noção de impactos tecnológicos é de simples compreensão"

Citações

Há algumas possibilidades para incluir uma citação em seu texto.

As explícitas quando se percebe a voz do outro, ou seja, quem fala, - Discurso Direto - nesse caso, utiliza-se o recurso das aspas (") e travessão (-). Ao utilizar o Discurso Direto, você estará mantendo a FIDELIDADE das palavras contidas no texto original. Outra possibilidade é PARAFRASEAR as palavras do autor citado.

Praticando sua redação

A pratica leva a perfeição. Esta máxima vale também para sua redação. É impossível escrever bem sem escrever regularmente. Um bom texto exige muito tempo de prática e paciência.

Você pode melhorar sua escrita, como qualquer outra habilidade, através da prática. É claro que talvez você já tenha que escrever bastante em suas aulas de redação e português, mas você poderia tentar escrever algo extra toda semana para praticar e aprimorar seus textos.

Não pense que para praticar sua redação você precisa fazer todas as últimas redações da Fuvest e Unicamp desde 1980. Comece escrevendo textos simples sobre coisas que você gosta.

Texto legível.

Você pode até estar prestando vestibular para medicina, mas não tente escrever sua redação com "letra de médico". O examinador não é obrigado a entender sua caligrafia, ele tem muitas redações para corrigir e não pode gastar duas horas corrigindo a sua.

Não é necessário que você tenha a caligrafia de um escritor de convites de casamento, mas é recomendável que ela seja ao menos compreensiva para todos. Se você prefere escrever em letra de forma, não se esqueça de diferenciar bem as maiúsculas das minúsculas, confundi-las pode fazê-lo perder pontos em sua redação.

Assim como uma boa caligrafia, sua redação deve estar limpa, sem muitas correções e rabiscos. Tome cuidado também com a formatação, use a mesma distância para todos os parágrafos e procure não ultrapassar a margem.

FONTE: MUNDO VESTIBULAR

 
mod-appgeo
tel-eqp-ped
link-book
link-book
banner-send-colegio-geo
mod_geozinho
mod_clipping
mod_Banner-WiseUp-lateral

footer